Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Restart

A Restart é um centro de formação profissional que constitui um espaço único de formação, produção e animação cultural em Lisboa.

Noite de homenagem a Malcolm McLaren “Too fast to live, too young to die” | 2 de Julho | 22h00 Santiago Alquimista | Lisboa

No dia 2 de Julho, vai realizar-se uma noite de homenagem a Malcolm Mclaren, no Santiago Alquimista em Lisboa.

“Too fast to live, too young to die”, frase inscrita no caixão de McLaren, não é apenas uma homenagem ao homem e à sua obra, é também um espaço de provocação, um lugar para pensar e agir.Tendo como inspiração as palavras de Joseph Corré (filho de McLaren), Lisboa é convidada a trocar o «minuto de silêncio» pelo «minuto de loucura» e a mergulhar no talento multifacetado e no espírito irreverente desta figura incontornável do punk.Trinta e quatro anos após o lançamento de «God Save the Queen», Malcolm McLaren, manager da banda The Sex Pistols, voltará a ser o mentor de uma geração que não se quer conformar.
Nesta noite vai ser visionado o filme “The Filth and Fury” de Julien Temple, filme sobre os Sex Pistols, produção mais conhecida de Malcom MacLaren. Seguem-se os concertos de “Os Golpes” e “Biru”, a noite prossegue num ambiente “too young too die” com os “No DJ’S”. O último minuto da noite vai ser “Minuto de Loucura”, uma representação da visão contestatária de Malcolm.

Too fast to live, too young to die” quer agitar o presente com o passado. Recuamos então à década de 70, marcada pela crise do petróleo e pelo crescimento das revoluções socioculturais dos anos 60. É na década de 70 que surge também o movimento punk, caracterizado pela controvérsia e ousadia instigando à contestação e à subversão cultural.
Malcolm McLaren é um dos nomes que marcou esta época não só enquanto manager dos Sex Pistols, mas também como uma figura que provocou e revolucionou para lá das fronteiras musicais.

Este evento é o projecto final da turma 4 do Curso de Produção e Marketing de Eventos da Restart - Instituto de Criatividade Artes e Novas Tecnologias. Este projecto surge como módulo de avaliação final do Curso, no qual se pretende um evento que ponha em prática as valências adquiridas ao longo do ano lectivo, através do planeamento, programação, promoção e produção do evento que integra a agenda cultural de Lisboa.




PROGRAMA

«The Filth and the Fury», de Julien Temple
Filme sobre os Sex Pistols, produção mais conhecida de Malcolm McLaren

«Na era do Rock'n Roll, o retrato de uma época, uma experiência inesquecível. (…) muitas das imagens originais, algumas das que foram rejeitadas e material vindo de outras fontes fazem deste filme o verdadeiro retrato de um grupo, como nenhum outro, representante do descontentamento das classes trabalhadoras e da rebelião dos tempos.» Fantasporto

Trailer do filme: aqui


OS GOLPES
Banda com influências punk rock

«Nuno, Pedro da Rosa, Luís e Manuel Fúria são Os Golpes, os responsáveis por este regresso aos anos 80 – à new wave nova-iorquina das guitarras punk abrasivas e ondulantes, os Television numa esquina e os Talking Heads noutra, mas com a matriz dos ritmos portugueses (…).» Rua de Baixo
Myspace: Os Golpes


BIRU
Homenagem à vertente hip hop da carreira a solo de Malcolm

A mais recente e ousada revelação do movimento hip hop escrito e cantado em português. Biru apresenta-se com rimas nuas e cruas – desde a crítica social ao estado da música actual – numa performance de poetry slam.
Myspace: Biru


NO DJ’S
Acabar a noite num ambiente «too young to die»

«Os No DJ’S são um colectivo com dois ouvintes profissionais de música, Rui Estêvão e Nuno
Calado, ambos radialistas da Antena3 e o manipulador de imagens Filipe Nabais da Valise
D´Images. (…) Sem estarem agarrados às misturas tecnicamente perfeitas percorrem todos os
estilos musicais numa noite em que só o inesperado pode ser aguardado, tudo isto sempre acompanhado de imagens que fazem desta experiência uma viagem inigualável.» Antena 3

Myspace: NO DJ’S
Myspace: Nuno Calado


«Minuto de loucura» com Precári@s Inflexíveis
Representação da visão contestatária de Malcolm

Como expoente máximo de entrosamento com as ideias de McLaren, o público será desafiado a exteriorizar para uma câmara de vídeo, numa cabine fechada, o seu «Minuto de Loucura». Este momento será dinamizado pelos Precári@s Inflexíveis, num olhar actual de contestação perante a precariedade laboral.
Site Precári@s Inflexíveis


Para mais informações e pedido de imagens:
Equipa de Comunicação

Cristina Pereira | Tlm 966 789 403
Eliana Fernandes | Tlm 967 665 002
Joana Ferreira | Tlm918 188 121
malcolm.mclaren.2010@gmail.com

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.